quinta-feira, 5 de março de 2009

Christine (Plymouth Fury 1957)



































































Poucos foram tão originais em criar histórias de horror como Stephen King e em 1983 ele nos trouxe Christine, um carro com vida própria assassino e vingativo cujo tamanho do ego só é comparável a sua enorme carroceria. Pouco depois ainda no final daquele ano o Diretor John Carpenter leva o sinistro Plymouth Fury às telas de cinema,na abertura do filme que começa em 1957 mostrando o vilão de 4 rodas ainda na linha de montagem o único modelo vermelho em meio a tantos brancos mostrando não só no visual mas também nas atitudes mostra suas intenções diabólicas...
Arnie Cunningham interpretado por Keith Gordon é só mais um adolescente nerd de 17 anos em busca de auto-afirmação e nada melhor que um primeiro carro para isso... Passando de carro com seu melhor amigo Dennis (John Stockwell) que é a antítese de Arnie atleta, popular e um feliz proprietário de um belo Dodge Charger 1968, o tímido, porém decidido rapaz avista um Fury 57 caindo aos pedaços 21 anos depois de sair das linhas de montagem (a história se passa no final de 1978 até o começo de 79). Era Christine,nome dado pelo seu antigo e falecido proprietário,o caso de amor doentio entre dono e carro começou em alguma concessionária Plymouth e terminou misteriosamente com a morte de seu comprador.O namoro a primeira vista é selado com um cheque de 250 dólares dado ao irmão do antigo dono um sujeito tão obscuro quanto o carro,ele alerta o jovem sobre os mistérios do carro e a tragédia familiar que o envolve,seu amigo Dennis tenta fazê-lo mudar de idéia mas Arnie já consumou a transação,após o Christine ser também rejeitado pelos pais de Arnie devido a seu estado deplorável e idade avançada o rapaz o leva a um galpão de um desmanche onde faz um acordo com o senhorio do lugar. Arnie presta pequenos favores em troca de peças para a restauração do demônio de aço estampado...

A aquisição do carro aos poucos transforma Arnie de um virginal e feioso estudante secundarista para um sujeito agressivo e paquerador abandona os óculos fundo-de-garrafa e namora a garota mais bonita da escola, Leigh (Alexandra Paul) objeto de desejo de todos os rapazes inclusive de Dennis, mas nesse meio tempo enquanto restaura seu primeiro automóvel e briga com os pais por causa disso Arnie sofre bullying de um grupo de alunos desajustados cujo maior erro além de agredi-lo foi o de se meter com Christine um assassino dos anos 50 recém restaurado pronto para a matança sem sequer precisar de um motorista, a partir dai todos aqueles que se opõem a relação dos dois pagarão caro e a esta altura Arnie já estará possuído pelo carro que por sua vez destruirá sua harmonia com os pais, seu melhor amigo Dennis e sua bela namorada Leigh, os dois últimos, no entanto entrarão em rota de colisão com a obsessiva e mortal máquina a fim de salvar a pele de Arnie.

2 comentários:

Ricardo Rodrigues disse...

esses "rabos de peixe" são obras de arte genuínas... com uma história do grnade king então...

Vera Duarte disse...

boa noite !!!
nossa, vi sua foto no blog de minha irmanzinha querida Tina. e vi que vc adora o filme Christine!! esse filme é show.
Parabéns!!!
Vai lá no meu blog e deixar seu comentário. ficarei atenta e sempre que podere starei aqui ok. obrigada desde já por sua atenção.

abraço e fica com Deus.