quinta-feira, 9 de abril de 2009

Buldogue Campeiro. (Raças Brasileiras)


Buldogue Campeiro→
O Buldogue Campeiro, até o fim da década de 1960, era relativamente comum na região sul do Brasil. Teve sua origem no Buldogue Inglês do tipo antigo, introduzido nesta área pelos imigrantes europeus, no século XIX. Este cão é bem mais forte e ágil que o atual Buldogue Inglês, que hoje é utilizado quase que exclusivamente como cão de companhia. Já os Buldogues do tipo antigo possuíam membros mais altos e mais retos, e eram cães de trabalho, muito mais fortes e resistentes do que os atuais.

8 comentários:

Nelsinho disse...

Muito interessante,eu mesmo nao sabia dessa raça ate agora vendo seu BLOG,pois so conhecia o INGLES e o FRANCES,se souber de alguma ninhada entre em contato.abrçç

João Cleber disse...

O Bulldog campeiro não existe, é uma mistura de raças que não possuem um padrão aceito pela FIA, a única associação verdadeira de raças, esse subtipo ou melhor essa mistura não segue padrões, basta vc digitar bulldog campeiro no google imagens e verás cada foto um bixo completamente diferente do outro. Isso é uma lorota de vendedor, essa raça está mais para vira-lata do que para bulldog, não existe genética aprimorada e sim uma mistura de várias raças sendo que cada criadouro faz a sua!

Anônimo disse...

ao Sr. João Cleber que provavelmente nao tem nem um vira latas para dar agua, se nao gosta de cachorros vá criar galinhas e deixe de ser invejoso.

Anônimo disse...

Pelo visto o Sr. João Cleber deve gostar de "poodle micro toy" e não entende nada de cachorros. Talvez da próxima vez antes de fazer um comentário tão infeliz fosse interessante estudar um pouco mais sobre o assunto.

Anônimo disse...

Sr. João Cleber ao invés de ficar falando o que não sabe pesquize para saber melhor das coisas. Tenho um Buldogue campeiro e é uma raça maravilhosa e muito companheira!!! quem um dia tiver um também vai se apaixonar!!!

Anônimo disse...

Esse povo criador de cachorro de companhia é mesmo invejoso. Todo mundo sabe muito bem que cão de trabalho não segue rigidamente o padrão de beleza. Quem é dedicado totalmente a padrões geralmente é criador fresco que curte exposição e talvez como deve ser o caso do cidadão João Cleber. Tenho certeza que o mesmo é criador de Bulldog Inglês, uma raça totalmente destruída pelos decorativos de plantão.
Sr. João Cleber, procure o que fazer.

Anônimo disse...

Vcs xingando o cara mas realmente está uma bagunça, tenho buldogue campeiro, antes desses jerivas misturarem com Old. Agora inventaram mais cores e deixaram mais pesados. Puro campeiro é raro, tem muito misturado com inglês e Old, pior que essa federação local da dando pedirem como campeiro. Tenho salvo o vídeo de youtube que o Rafael admite ter misturado com inglês, enganação vender como puro.

Anônimo disse...

Vcs xingando o cara mas realmente está uma bagunça, tenho buldogue campeiro, antes desses jerivas misturarem com Old. Agora inventaram mais cores e deixaram mais pesados. Puro campeiro é raro, tem muito misturado com inglês e Old, pior que essa federação local da dando pedigree como campeiro. Tenho salvo o vídeo de youtube que o Ralf admite ter misturado com inglês, enganação vender como puro.